quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Sopa azteca















Uma nova invenção do Zé Prazeres. Garantimos um sabor como você nunca provou antes...
  • 3 litros de água mineral gaseificada
  • 4 cebolas grandes raladas
  • 2 cabeças de alho moidas ou trituradas
  • 300g de fubá mimoso
  • 500ml de leite
  • 1 pimentão vermelho picado
  • 1 maço de salsinha e cebolinha picado
  • 1 colher de sopa de louro em pó
  • 1 colher de sopa de paprica doce
  • 1 colher de sopa de colombo ou curry
  • 200g de chocolate amargo 85% ralado
  • 100g de manteiga
  • sal
Faça um caldo com a cebola, o alho e todos os temperos. Separadamente, misture o fubá ao leite, e adicione vagarosamente o caldo à mistura, sem parar de mexer, até dar consistência cremosa. No final, acrescenta a manteiga para dar uma textura aveludada. Apague o fogo e acrescente o pimentão, a salsinha e a cebolinha.

Sirva com uma colher de sopa de chocolate ralado e acompanhe com este biscoito estranho, que o Zé encontrou na Liberdade...

Pavê de café com chocolate















Esta receita é obviamente do Zé Prazeres, fielmente retranscrita aqui por mim e ricamente ilustrada pelo Irineu. Não preciso dizer que é imperdível...
  • 3 pacotes de biscoitos champagne ou biscoitos ingleses
  • 2 litros de café bem forte
  • 2 latas de leite condensado
  • 2 xícaras de leite
  • 15 colheres de amido de milho ou fecula de batata
  • uma xícara de cacau em pó
  • 4 colheres de manteiga
  • geleia de frutas vermelhos
  • conhaque ou outra bebida
Misture o café com o leite condensado, bote para ferver. Misture o leite com o cacau e o amido. Depois do café ferver, misture as duas preparações. Se embolotar, passe na peneira. Junte a manteiga. Reserva.

Molhe os biscoitos em leite com conhaque ou qualquer outra bebida e começa a montar camadas, alternando creme de chocolate e biscoitos. Antes de começar a montagem, forre a forma com geleia de frutas vermelhas. Coloque na geladeira, e vire em um prato para desenformar na hora de servir.

Café Colonial Sem Glúten

Vi uma entrevista num canal de TV local, onde o Dr. Mauro W. Bonatto, da Gastroclínica de Cascavel explicava sobre a Doença Celíaca. E foi nessa entrevista que ele falou do Café Colonial Sem Glúten, que vai acontecer no dia 03-10 em Cascavel.

Abaixo a propaganda:

[para aumentar a imagem, clique sobre ela]

Quem falou que não existem deliciosas opções de alimentos sem glúten? A Acelbra Cascavel - Associação dos Celíacos, promove no próximo dia 03 de outubro um maravilhoso café colonial feito especialmente para aqueles que possuem intolerância ao glúten. Um momento de confraternização, descontração e apreciação dos deliciosos quitutes. Para maiores informações entre em contato conosco, inclusive pelo e-mail: rosineide.machado@gastro.com.br

*Genteee! Com certeza eu vou! Ótima sugestão pra quem é daqui ou das proximidades. Quando que se tem isso assim, tão pertinho e tão fácil né? Vou tirar fotos e depois publico pra vocês verem como foi! Bjão e até!

Misiguuuura no Super e os Bombons de Uva

Tem cada vida na coisa da gente que ninguém merece!!!

Imagina eu e minha mana no super... e mesmo que seja pra comprar bala, ela sai toda nustrinke! (e eu tumém calaro) Porque somos mulheres bem resolvidas e adoramos arrastar o sári por aí, nem que seja pra comprar chuchu na banca.

Bom, nós lindas, duas divas maravilhosas, escolhemos uvas Itália, para fazer um bombons de uvas e ao passar no caixa, a desnorteada mocinha passando os itens no piii (maquininha que cobra coisa da gente), com bem pouco tato diz: (olhando pra minha mana)

Mocinha: - Mas esta não é a uva da promoção!

Irmã: - Hein???

Eu: - Woti???

Neste momento, eu de zóião regalado, querendo mandar a %#!$#* prakele lugar, resmunguei entre os dentes...

-Não! Eu não ouvi isto! ... Misiguuuur@voubaternela.com.br...

Minha irmã apenas me olhou e disse em tom bem calmo (coisa que ela não é assim, mas isto depois eu conto os pôdidamina!), pra lombriga branca linda mocinha:

-Mas NÃO quero a da promoção minha filha, vou levar esta mesmo, ou tá achando que não tenho dinheiro pra pagar?!?

A guria do caixa de vergonha, queria sumir no mundo!

Eu achando que aquilo era o final da rosca, olhei pra minha mana, soltei...

- Bah mana... não saio mais com você... tu ta com cara de quem procura promoção "fia"!

Vêseeuposso???

# Desabafa aí, tu já passou por alguma situação parecida?

Bombom de Uva

  • 01 lata de leite condensado
  • 03 colheres de sopa de leite em pó
  • 01 colher de sopa de manteiga
  • 03 gotas de corante alimentício verde
  • 500g de uva itália lavadas (sem tirar o cabinho)
  • Açúcar cristal o suficiente

Misture todos os ingredientes, leve ao fogo até desprender do fundo da panela. Retire coloque num prato untado com manteiga. Depois de bem frio, enrole as uvas uma a uma, e passe pelo açúcar cristal.

Piloto Automático: Desligado Ligado.

Spaghetti All’Ubriaco (Espaguete bêbado)

O nome dessa deliciosa massa teve como inspiração o fato de ser cozido em vinho e água, “mezzo a mezzo”. A massa fica meio escura e o sabor do vinho fica bem presente. Claro que você não vai usar um grande vinho, mas um mau vinho também não. A regra importante para cozinhar massas é que o liquido deve ser abundante. Para duas pessoas são 200 g de espaguete e para cozinhar 2 litros de liquido, meio a meio. Para “primo piato” (os italianos servem a massa como entrada) é divertido e gostoso. Para uma noite fria é um delicioso prato principal. Mas chega de conversa fiada, vamos à receita.

INGREDIENTES:
400 g de espaguete
2 litros de água mais 2 de vinho tinto
Mais ½ taça “para a panela”
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de manteiga
½ xícara de azeite extra virgem
1 pimenta dedo de moça seca (opcional, mas para mim, fundamental!!!)
¼ de xícara de salsinha picada
sal grosso

MODO DE PREPARO:
Despeje o vinho e a água em uma panela grande e coloque uma boa quantidade de sal grosso. Leve à fervura e coloque o espaguete e mexa para que não grude.
Corte o alho em fatias e doure na manteiga e no azeite misturado. Ponha em uma panela suficientemente grande para colocar a massa depois de cozida.
Quando o alho estiver dourando junte ½ taça de vinho tinto e a mesma quantidade do liquido de cozimento da massa. Deixe reduzir um pouco e apague o fogo.
Quando o espaguete estiver “al dente” acenda o fogo da panela do alho, deixe esquentar bem. Coe o espaguete e passe-o para a panela juntando a salsinha. Continue mexendo a massa na panela para que absorva bem o sabor.
Sirva em tigelas bem quentes e por cima rale um bom Parmesão ou um Pecorino perfumado.

Serve 4 pessoas

II Semana Vegetariana Mundial


Amanhã começa a Semana Vegetariana Mundial. São sete dias dedicados à promoção de um estilo de vida saudável, ético e ecológico. Para mais informações, visitem o site da Semana Vegetariana.
Podem encontrar aqui o resumo das iniciativas previstas para a zona de Lisboa.

Frango assado no forno com especiarias

Este frango fica bem aromático e se for servido com uma saladinha verde dá perfeitamente para quem está de dieta ;-)
Ou então servido com esparguete :-)

Numa taça pequena colocar, 1 c. chá de gengibre em pó, 1 c. chá de pimentão em pó, 1 c. chá de pimenta preta e 1 c. chá de orégãos em pó, 1 c. chá de erva de provance. Alguns alhos picados, eu usei 1 cabeça inteira pois era para temperar 2 frangos. Mexer e juntar 1 c. chá de sal, Raspa e sumo de 1 limão, cerca de 4 c. sopa de azeite e terminar, juntando um pouco de vinho.

Partir 2 frangos em pedaços e retirar-lhe toda a pele;
Temperar o frango com a mistura das especiarias e deixar marinar cerca de 5 horas para tomar gosto;

Levar ao forno a 200ºC e servir com esparguete e/ou uma salada.

 

#8 CISSC - Wraps de Frango com Tomate e Caril

Mais uma receita muito simples, com sabores do oriente e que facilmente agradará.
Utilizando frango de churrasco ou assado de compra poderão fazer as mais diversas preparações e inovar. Ideal para falta de tempo e de habilidade para a cozinha!

Ingredientes para 6 wraps:

6 tortilhas (ou wraps) de milho ou trigo (vendem-se ao pé dos produtos mexicanos ou do pão)
1/2 frango assado de compra
6 colheres de sopa de maionese
2 colheres de sobremesa de pó de caril
3 tomates maduros mas firmes

Preparação:

Comece por desfiar o frango limpando-o de peles e ossos.
Numa taça misture a maionese e o pó de caril. Adicione depois o frango desfiado e envolva bem. Corte o tomate em fatias.
Sobre cada wrap aberto coloque 1/6 da mistura de frango e caril e cubra com fatias de 1/2 tomate. Enrole cuidadosamente e repita até esgotar todos os ingredientes.
Com uma faca afiada corte cada wrap ao meio e disponha-os sobre o parto de servir.

Bom Apetite!

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Mousse de frutas vermelhas



Essa receita é bastante simples se nós tivermos à mão uma batedeira ou um mixer 3 em 1. Eu acho muito bom, viciante mesmo.
Para 04 porções (generosas):

  • 400g de frutas vermelhas
  • 90g de açúcar
  • 02 claras
  • 200g de creme de leite fresco (nata)
  • algumas frutas vermelhas para decorar
Bata as frutas vermelhas em um processador (se desejar um aspecto mais natural) ou passe-as por uma peneira. Misture com o açúcar.
Bata a nata em ponto de chantilly. Reserve.
Bata as claras em neve firme e misture com o purê de frutas doce. Delicadamente para não estragar o aerado. Depois misture com o chantilly. Também lentamente.
Disponha em tigelinhas e decore com algumas frutas.
Deixe descansar na geladeira por pelo menos duas horas e sirva.

*Essa receita pode ser usada para mousse de uma única fruta. É só substituir as frutas vermelhas por morango, amora, framboesa ou cereja (se tiver coragem de tirar os caroços) e fica ótimo também.

*É melhor comer no mesmo dia. No outro dia não fica tão bom. Ou seja, fazer menos quantidade em mais vezes para um máximo aproveitamento de sabor.

*Existe uma mistura de frutas vermelhas congeladas para vender aqui em São Paulo. Já encontramos na Casa Santa Luzia e na Padaria Bela Paulista.

Pão Totalmente Integral


Hoje acordei com febre e o médico mandou ficar 1 dia em casa para repousar e vigiar a febre.

Por isso tenho aproveitado para actualizar o blog, enquanto repouso no sofá, e meti a minha preciosa amiga "Máquina de Fazer Pão" a trabalhar, para me fazer o lanche: um pão integral, sem misturas de mais farinhas. E o resultado foi um pão bastante pesado, que quase parece uma broa, mas está muito bom de gosto!


E a receita que fiz é...

Ingredientes:
350 ml de água
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de açúcar
500g de farinha integral (usei a da Nacional)
12g de fermento de padeiro

Confecção:
Colocar a água, o sal e o açúcar na cuba da máquina de fazer pão, juntar a farinha e por fim o fermento de padeiro desfeito em bocadinhos.
Colocar a cuba na máquina de fazer pão, programar a máquina do pão para utilizar o programa Integral, que leva mais tempo para que o fermento actue durante mais tempo, precisamente por causa dos ingredientes pesados que fazem parte da farinha integral, cor clara e peso 750g.

Nota: quem gostar de ter um pão com mais sal, pode juntar 2 colheres de chá de sal. Cada colher de chá corresponde a cerca de 5g de sal.

O Atelier do Pão


Está à venda um livro chamado "O Atelier do Pão" de Cécile Decaux, que é o resultado em livro das receitas que existem neste site. Neste livro estão descritas e ilustradas 100 receitas para serem feitas com a máquina de fazer pão ou à mão.

Encontra-se à venda na Fnac, Intermarché...

Colecção: N I
Editora: EDUCACAO NACIONAL
Formato: NORMAL
Idioma: PORTUGUÊS

Mix de Legumes


Estou muito sumida, mas tenho justificativas: Congresso em São Paulo, Gripe e semana de provas. Mas é claro que tenho que passar por aqui e deixar uma comidinha gostosa.
Ingredientes:
1 ovo, ligeiramente batido;
1 colher(sobremesa, cheia)de fermento em pó;
1 xícara (chá) de aveia em flocos;
1 xícara(chá) de farinha de trigo;
1 1/2 xícara(café) de leite desnatado;
1 envelope de tempero pronto 0% gordura;
1 lata de seleta de legumes;
1 lata de mix de milho e ervilha (se você gostar)
1 colher(sobremesa) de azeite de oliva, para temperar o tomate;
2 tomates bem vermelhos picadinhos em cubos;
PREPARO:


Basta misturar os legumes (lata de seleta , milho e ervilhas), juntar o ovo batido, o tempero em pó. Tempere o tomate com o azeite e junte também.
Juntar a aveia e a farinha de trigo, mexer bem, e por último o fermento em pó.
Pré-aqueça o forno, prepare a forma. Unte com margarina light um pirex médio e enfarinhe.Sobrou um pouquinho e fiz esse mimo de coração para agradar alguém...
Levei ao forno por +ou- 40 minutos.
Rende 12 porções, sendo que cada porção terá aproximadamente 90 kcal.

Farinha Branca de Neve: Pão Brioche


E para terminar a apresentação da trilogia de Farinhas especiais Branca de Neve, pré-preparadas para serem utilizadas na máquina do pão, mostro-vos agora a embalagem da Farinha para Pão Brioche, de 500g. (Isto quase que parece a trilogia do Senhor dos Anéis!)

Esta farinha tem na sua composição ovo e açúcar, para poder gerar uma consistência de Brioche, que é levemente adocicado e amarelado. Com esta farinha pode fazer pão de leite, donuts, bolas de berlim, bolo rei...


Só é pena o preço ser tão elevado para a quantidade de farinha que traz. Fora isso, sentir-me-ia muito tentada a experimentar. Pode ser que perca a cabeça e compre uma embalagem só para ver o resultado.


Ingredientes: Farinha de trigo, açúcar, gordura vegetal hidrogenada (contém derivados de leite), ovo em pó, levedura seca (emulsionante E491), sal, glúten de trigo, antiaglomerante (E170), agente de tratamento da farinha: ácido ascórbico, enzimas.


Nota: Imagem retirada do site das Farinhas Lusitana.

Farinha Branca de Neve: Pão de Sementes


As Farinhas Branca de Neve também têm um preparado especial para Pão de Sementes, disponível em embalagens de 500g. É composto por uma mistura de farinhas (de trigo, centeio, malte, aveia, arroz) e por 7 sementes diferentes (aveia, linhaça, girassol, sésamo, milho e centeio), apresentando uma textura mais densa que o Pão Branco.

É sem dúvida um pão mais saudável.


Ingredientes: Farinha de trigo, mistura de sementes 15% (aveia, linhaça, girassol, sésamo, milho miúdo, centeio), farinha de centeio, farinha de malte, farinha de aveia, glúten de trigo, farinha de arroz, fermento de trigo seco, sal, levedura seca (emulsionante E491), antiaglomerante (E170), agente de tratamento da farinha: ácido ascórbico, enzimas.

Nota: Imagem retirada do site das Farinhas Lusitana.

Carré de Cordeiro com crosta de ervas frescas

O carré de cordeiro, em corte francês (aquele que tem os ossinhos limpos) se tornou muito popular no mundo todo por ser muito bonito e claro, delicioso. Em função disso, o que aconteceu? O preço subiu, pois o carré é menos de 5% de um cordeiro. O resto também é muito bom, mas o carré é ótimo! Nesta receita a crosta de ervas, pinoli e o pão, dão um toque muito especial.

INGREDIENTES:
3 carrés de cordeiro corte francês
4 xícaras de pão italiano torrado e moído
½ xícara de salsinha fresca picada
½ xícara de cebolinha francesa picada
¼ de xícara de pinoli tostado e moído
¼ de xícara de parmesão ralado grosso
150 g de manteiga cortada em pedaços de 2 cm
¼ de xícara de azeite extra virgem
sal e pimenta do reino preta moída na hora

MODO DE PREPARO DA CROSTA:
Jogue a salsinha na água fervente por 5 segundos. Drene e jogue em uma tigela com água e gelo. Passe em uma peneira e reserve.
Coloque os pedaços de pão italiano torrado no liquidificador e bata para fazer a farinha.
Coloque a salsinha, cebolinha, pinoli, parmesão, uma pitada de sal e pimenta do reino moída na hora em um processador ou liquidificador. Bata até ficar homogêneo. Adicione a manteiga aos poucos e bata pulsando, mas não demais, para não derreter.
Transfira esta pasta para uma tigela e vá misturando a farinha de pão aos poucos com uma colher de pau.
Abra uma folha de plástico sobre a mesa e espalhe a pasta. Cubra com outra folha e com um rolo de macarrão abra com muito cuidado para que fique uma camada bem fina (uns 3 a 4 mm).
Coloque na geladeira até que fique firme.

MODO DE PREPARO DA CARNE:
Aqueça o forno para 200º C.
Tempere o cordeiro com sal e pimenta. Coloque um pouco de azeite na assadeira, leve ao fogão. Em primeiro lugar com a gordura para baixo. Doure bem. Coloque de pé e doure a parte de baixo.
Leve agora ao forno quente e asse por mais 20 minutos (10 de cada lado).
Retire a carne do forno e deixe descansar por 5 minutos com os ossos para baixo. Deixe o forno na temperatura máxima.
Tire a crosta da geladeira, remova o plastico da parte de cima e corte em tiras largas para cobrir a parte da gordura dos carrés.
Leve o carré já com a crosta de volta ao forno bem quente por mais 3 minutos (ou até que a crosta doure).
Retire, espere mais 2 minutos, corte entre os ossos e sirva.

Serve 5 a 6 pessoas

Farinha Branca de Neve: Pão Branco



As farinhas Branca de Neve também têm as suas farinhas especiais pré-preparadas para serem utilizadas na máquina de fazer pão. Estive com elas na mão no hipermercado e acabei por não trazer. Porquê? São muito caras. Trazem apenas 500g de farinha (que é a quantidade certa para fazer o pão na máquina) mas este meio kilo de farinha custa mais de 1€ (1.09€ se não estiver em erro).

Esta farinha que mostro na imagem é a especial para Pão Branco, de farinha de trigo.

Ingredientes: farinha de trigo, sal, levedura seca (emulsionante E491), fermento de trigo seco, glúten de trigo, antiaglomerante (E170), agente de tratamento da farinha: ácido ascórbico, enzimas.

Nota: Imagem retirada do site das Farinhas Lusitana.

Ratatouille do Ratatouille



Apesar de ser de origem francês, este prato deve ser classificado em cozinha americana, se quero conservar meus amigos franceses. Todo mundo já viu o filme "Ratatouille", certo? Pois, este prato é aquele que o Ratatouille faz e que faz desmaiar o crítico gastrônomo. Pode ser uma receita francês, mas foi totalmente reinventada pela equipe da Pixar. Mas, o fato é que ficou delicioso.

Ficamos intrigados após ver o filme, e tentamos copiar. Se você procurar por "Ratatouille" no google imagens, você verá que muita gente teve a mesma ideia. É muito simples:
  • 5 ou 6 tomates
  • 2 abobrinhas
  • 2 berinjelas pequenas
  • azeite de oliva
  • 1 caixinha de puré de tomate
  • sal
Despeja um pouco de puré de tomate no fundo de uma assadeira. Corte todos os legumes em fatias, e dispõe na assadeira, verticalmente, uma fatia de tomate, uma fatia de abobrinha, uma fatia de berinjela, assim por diante até encher o prato todo. Não tenha medo de deixar tudo bem apertado, ficará melhor. Despeja uma pitada de sal, mais um pouco de molho de tomate, e um fio de azeite. Cubra com um papel alumínio, e coloque em forno quente (> 250°C) por 35 minutos.

Dois Anos!

[foto por Denise Rubel - eu e meu lindão no dia do nosso casamento,
durante a cerimônia que foi feita numa chácara, à tarde, ao ar livre]


Suspiros... suspiros... suspiros!
Há dois anos eu estava me casando! De véu e vestido branco, papel passado e muuuuita felicidade!

Eu sei que o blog não é de relacionamentos, mas me deu muita vontade de falar sobre o que eu acredito que seja um casamento. Não sei vocês, mas eu acredito muito em casamento como uma aliança feita por duas pessoas. Algo sem início, sem fim, que já existia antes e continuará a existir até "que a morte os separe".

Hoje em dia chamam de "casamento" um negócio que nem sei dizer o que é... que se um erra, o outro pode jogar todas as promessas, o amor e inclusive a outra pessoa no lixo. Não. Casamento é construção de uma vida, de um amor que supera as dificuldades, de honestidade, de permitir que o outro te conheça como você é... sem julgamentos pelos seus erros, porque o outro também erra. É companhia, compreensão das suas dores do passado, compreensão das suas atitudes no presente, compreensão da sua visão de futuro... É amar sem se importar com os defeitos, porque eles podem ser superados. É entender que não se pode mudar alguém simplesmente porque não concordo com sua maneira de agir em determinada situação... é compreender, é abrir mão... e melhor do que tudo, é receber isso tudo de volta com muito mais intensidade!

Posso passar dificuldades em muitas situações como família, emprego, dinheiro... mas meu casamento é meu porto-seguro, é pra onde corro quando não tenho pra onde ir. Talvez você esteja pensando: "claro, pra ela é fácil... o marido não trai, vivem bem, etc...". Pense mil e uma coisas, mas saiba que eu não ganhei isso de mão beijada não. Sempre lutei pelo meu casamento, antes mesmo de namorar. Eu sempre soube que o que eu queria era um relacionamento pra sempre, com alguém que compartilhasse dos mesmos ideais, das mesmas paixões, do mesmo coração. E absolutamente Deus foi fiel comigo.

Não pense que tudo está perdido. O amor, aquele amor de verdade, não desiste das pessoas como quem desiste de comprar uma roupa nova porque um detalhe não agradou. O amor supera limites.
É isso que tenho vivido, é isso que vou ensinar pros meus filhos.

*A inspiração chegou e ficou! Lindão, te amo!

Bolo de bolacha com leite condensado de chocolate

Esta sobremesa tb foi uma das que levei para o aniversário dos meus sogros. Aqui fica a receita ;-)

Bater 4 ovos em creme e juntar a 1 lata de leite condensado de chocolate. Levar ao lume brando para cozer um pouco os ovos. Não deixar muito tempo, só até ferver e retirar de imediato.
Fazer camadas alternadas de bolacha e creme, em não demolhei as bolachas mas poderá fazê-lo com café ou leite.
Depois das camadas feitas deixar arrefecer um pouco e colocar a refrescar no frigorífico. É rápido e fica diferente dos bolos de bolacha tradicionais :-)
Decorar a gosto.


#7 CISSC - Canapés de Salmão Fumado e Queijo Creme

O salmão fumado é bastante versátil e saboroso. Deixo aqui hoje a receita de um simples patê de salmão fumado. Consoante a elegância e o tipo de refeição, poderão servir o patê numa tacinha juntamente com tostinhas e fatias de baguette para que cada convidado se sirva, ou, levarem os canapés para a mesa já prontos e disposto num prato bonito. Mais uma receita para impressionar!

Ingredientes para 4 a 6 pessoas:

1 baguette
200gr de queijo creme (Queijo Philadelphia)
125gr de salmão fumado
pimenta preta
azeitonas verdes descaroçadas (opcional)
folhinhas de alface ou chicória para decorar (opcional)

Preparação:

Corte a baguette em fatias com a espessura de um dedo e torre-as ligeiramente na torradeira, apenas para ficarem crocantes.
Coloque depois o qeuijo creme e o salmão fumado numa picadora, robot de cozinha ou liquidificador e misture até obter uma pasta homogénea e cor de rosa clarinho. Junte 1 colherzinha de café de pimenta preta e misture bem. (Pode preparar o patê com antecedência e guardá-lo no frigorífico até a altura de servir, ou de montar os canapés.)
Um pouco antes de servir barre generosamente as fatias de baguette com a pasta de salmão fumado e decore com uma azeitona verde e um pouquinho de alface.
Disponha geometricamente sobre o prato e sirva.
Em alternativa sirva o patê em tacinhas juntamente com pão às fatias e tostinhas e deixe que cada um se sirva.

Bom Apetite!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Pizzas inventadas

Tinha pão duro e já não sabia o que devia fazer com ele para além das torradas... Liguei o forno e coloquei na posição grelhar. Dispus as fatias de pão, barreias com molho de tomate, queijo mozzarella. Na fatia da direita pus pedaços de bacon, mais uma camada de mozzarella e orégãos. Na fatia da esquerda pus chourição e mais uma camada de mozzarella. De seguida vai ao forno para gratinar. Não é a mesma coisa, mas é diferente, faz-se em pouco tempo e dá para aproveitar pão duro.

Pão Recheado com Azeitonas

A bowl of kalamata olives.Image via Wikipedia


Na oliveira, a azeitona surge bem verde, depois, a casca adquire tons acinzentados e logo vira dourada. Em seguida, torna-se castanha e o próxima passo da metamorfose é ir ficando arroxeada e ir escurecendo até ficar preta. Quanto mais escura, constata-se que mais tempo ela ficou no pé.

Cerca de 25% de sua composição é azeite de oliva, que, como todos os óleos vegetais, não contém colesterol mas é rico em ácidos graxos insaturados, que são benéficos para aumentar os níveis do "bom colesterol" (HDL). Apesar de ser muito benéfica, a azeitona tem essa quantidade de gordura, o que a torna muito calórica. Por isso, nutricionistas recomendam beliscá-la moderadamente como aperitivo e experimentar acrescentá-la aos pratos de carnes, massas e saladas.

Ingredientes:
1 e 1/3 de copo de água
6 colheres de sopa de azeite de oliva
1 colheres de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar
4 copos de farinha de trigo especial
1 colher de sopa de fermento biológico seco

Recheio:
200 gramas de azeitonas pretas fatiadas
200 gramas de azeitonas verdes fatiadas

Confecção:
Retirar a forma de assar de dentro da panificadora. Colocar os ingredientes na ordem da receita, selecionar o tamanho do pão, o ciclo normal e a cor da casca desejada. Precionar o botão iniciar/parar. Após aproximadamente 30 minutos a panificadora bate a massa pela segunda vez. Retirar a massa, abrir e distribuir o recheio.
Enrolar como rocambole e colocar na forma de assar.
Deixar completar o ciclo.

Nota: esta receita é proveniente do livro de receitas da Britânia/Clatronic e a introdução é proveniente da Wikipedia.

Reblog this post [with Zemanta]

Farinha Pão +Completo da Nacional


A Nacional lançou mais duas novas farinhas especiais para fazer pão na máquina de fazer pão: a Farinha Pão +Equilíbrio e a Farinha Pão +Completo.

A Farinha Pão +Completo permite fazer um pão de mistura com tem um teor de fibras mais elevado, o que é bom para o funcionamento intestinal, permitindo regularizar o trânsito intestinal ao mesmo tempo que saboreamos um dos maiores prazeres da vida: comer pãozinho acabado de fazer com manteiga a derreter por cima :)

Também estou curiosa para poder experimentar esta farinha.
Quando alguém a descobrir à venda, avisem!

Reblog this post [with Zemanta]

Farinha Pão +Equilíbrio da Nacional


Upa upa!
A Nacional lançou mais duas novas farinhas especiais para fazer pão na máquina de fazer pão: a Farinha Pão +Equilíbrio e a Farinha Pão +Completo.

A Farinha Pão +Equilíbrio contém uma mistura de farinhas de trigo e centeio, e apresenta uma redução do teor de sal (25%), o que permite obter um pão mais saudável através da redução do sal.

Agrada-me! Será que já estão à venda por aí?

Novas farinhas para pão da Nacional + concurso!


A Nacional lançou novas farinhas para fazer pão na máquina.
E ao mesmo tempo lança um concurso, em que oferecem diariamente uma máquina de fazer pão Kenwood !

Basta escrever uma frase sobre as farinhas Nacional preparadas para pão, juntar 2 códigos de barras de qualquer farinha Nacional e enviar para a morada indicada no site do concurso (onde também poderá consultar o regulamento): http://www.nacionaleumamaquina.com/

Promoção válida de 28-09-2009 a 26-02-2010.

Açorda de marisco


1 posta de peixe (maruca, pescada,...) cozido
10 camarões cozidos
1/2 kg ameijoas
2 cenouras pequenas
1 cebola
8 dentes de alho (grandes)
4 fatias grandes de pão embebido em leite
1 chávena (café) de coentros picados
1/2 pacote de molho bechamel
2 dl leite
sal
pimenta
1 dl azeite
coentros

Colocar na picadora as cenouras, a cebola, 4 dentes de alho,o pão e os coentros, envolver com os camarões e o peixe e colocar num tabuleiro. Misturar o leite com o molho bechamel, temperar com sal e pimenta e regar o preparado no tabuleiro.

Num tacho, fazer refogado com 1 dl azeite, 4 dentes d alho picados e 2 colheres de sopa de coentros picados, colocar as ameijoas, 1 colher de sal grosso e deixar ferver um pouco, com o tacho tapado, até abrirem. Colocar as ameijoas por cima do preparado do tabuleiro e regar com o molho onde cozinharam. Levar ao forno até ficar douradinho.

Torta Salgada de Maizena e Madalena feitos pela Leize

Uma amiga muito querida e que agora está morando looonge, mas num lugar lindo (Floripa) mandou fotinhos da Torta Salgada de Maizena e da Madalena que ela testou lá na casa nova!


[torta salgada]

A torta salgada foi na versão frutos-do-mar (ó que chique!! heheehehhe), feito com atum, mas que também pode ser feita com sardinha, frango desfiado, carne moída...


[madalena]

E a madalena foi feita com carne moída, e também dá certo!


*Amiga, mandou bem nas fotos! Saudades de você... e cuida do nosso príncipe que tá aí na sua barriga hein?

Bolo de sonho

Ontem foi festejado o aniversário de 50 anos de casados dos meus sogros e para festejar o evento, ela pediu-me que eu fizesse um bolo. A receita que escolhi está no fórum

4 ovos
1 xícara (chá)de açúcar
1 xícara (chá) de leite quente
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Recheio
1 lata de leite condensado
2 gemas
500 ml de leite
2 colheres(sopa) de amido de milho
½ xícara (chá) de creme de leite
6 bombons picados

Calda
1 xícara (chá) de leite
3 colheres(sopa)de chocolate em pó

Cobertura
300 g de chocolate ao leite derretido em banho-maria
1 xícara de doce de leite pastoso (leite condensado já cozido)
12 bombons sonho de valsa picados (usei da marca Rajá)

Bolo;
Separe as gemas das claras. Bata as claras em neve, junte as gemas e o açúcar e bata mais. Acrescente o leite quente e bata até a mistura ficar cremosa. Retire da batedeira e coloque em uma tigela, acrescente a farinha de trigo e o fermento e misture.

Leve a assar em forma de 23cms de diâmetro untada por +ou-25 minutos


Recheio
Misture o leite condensado, as gemas, o leite e o amido de milho, leve ao fogo baixo até engrossar.Retire do fogo e de acrescente o creme de leite, misture e deixe esfriar.

Calda
Aqueça o leite e dissolva o chocolate.

Cobertura
Quando for cobrir o bolo, bata na batedeira o chocolate derretido e o doce de leite ( Minha cobertura ficou um pouco grossa demais, eu coloquei um pouco de leite até ficar no ponto de decorar)

Montagem
Corte o bolo depois de frio em três partes (eu cortei em duas pq o bolo é pequeno)

Forre a mesma forma com papel vegetal, ponha uma parte do bolo molhe com a metade calda de chocolate e espalhe um pouco mais da metade do recheio (coloque um pouco de bombom picado também) coloque a outra metade do bolo, molhe com o resto da calda e o resto do creme do recheio.

Cubra com papel vegetal e leve a geladeira (frigorífico) por 2 horas.

Vire o bolo sobre o prato, retire o papel vegetal e decore com a mistura da cobertura e salpique com bombons picados.

 
Fiz tb na versão de bolo inglês
 
 

#6 CISSC - Salada de Camarão e Maçã Verde

Ainda estou de férias esta semana, mas as receitas CISSC continuam.
Uma nova semana com novas ideias e um novo menú para poderem continuar a impressionar mesmo sem saber cozinhar!
E começamos com uma salada!

Ingredientes para 4 pessoas:

1 embalagem de salada pronta de alface ou mistura de alfaces
0.5kg de miolo de camarão cozido (à venda em todos os supermercados na secção de peixaria)
2 maçãs verdes (Granny Smith)
1/2 frasco de Molho Cocktail

Preparação:

Começe por descascar o camarão. Reserve 8 para decoração e corte os restantes em pedaços.
Corte a maçã em quartos e retire-lhe o caroço, deixando ficar a casca. Corte depois a maçã em cubinhos.
Numa saladeira coloque a alface, o miolo de camarão partido em pedaços, os cubinhos de maçã e o molho cocktail. Mexa tudo muito bem, deixando que tudo fique coberto de molho. Guarde no frigorífico até servir.
Pode servir directamente na saladeira, decorada com os camarões inteiros que reservou, ou coloque em pratos individuais, decorando cada prato com 2 camarões.

Bom Apetite!

domingo, 27 de setembro de 2009

Pão de Maçã e Canela

Neste fim de semana recebi uma caixa de maçãs e como não as consigo comer todas, vou ter de fazer receitas de culinária com elas. E imaginem qual a máquina que vou meter a trabalhar... a máquina do pão!

Foto retirada da net.


Estive a ler as receitas que estão no livro de receitas da Britânia/Clatronic e vem lá a sugestão de um Pão de Maçã e Canela. Amanhã vou fazê-lo :)
Aqui fica a receita que vou seguir:

Ingredientes:
(pão de 900 gramas)

1 1/3 copo de suco de maçã
1 ½ colher de sopa de margarina
1 ½ colher de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar mascavo
1 ½ colher de chá de canela em pó
4 copos de farinha de trigo especial
2 colheres de chá de fermento biológico seco

(pão de 600 gramas):
1 copo de suco de maçã
1 colher de sopa de margarina
1 ½ colher de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar mascavo
1 colher de chá de canela em pó
3 copos de farinha de trigo especial
2 colheres de chá de fermento biológico seco

Preparação:
Retirar a forma de assar de dentro da Máquina de Pão e adicionar todos os ingredientes na ordem acima indicada, consoante queira fazer um pão de 600g ou de 900g
Recolocar a forma de assar na Máquina de Pão. Selecionar o tamanho do pão, a cor da casca e o ciclo recomendado: normal - sanduiche.
Fechar a tampa e pressionar o botão Iniciar/Parar.

Reblog this post [with Zemanta]

Quiche de legumes e salsichas


Esticar 1 base de massa folhada fresca na tarteira, Rechear com;
Milho;
1 Courgete pequena ralada;
1 Cenoura ralada;
4 Salsichas grandes de frango às rodelas
Reservar.
À parte bater 4 ovos e juntar 200ml de leite magro, 1 frasco de creme de soja, sal e noz-moscada. Depois de tudo bem batido, vertar por cima do recheio.
Polvilhar com queijo da Ilha ralado e levar ao forno a 200ºC por 30 minutos.
Espero que gostem ;-)