sábado, 28 de fevereiro de 2009

Queques de queijo fresco

Mais uma receitinha light que fiz hoje e adorei... tenho andado muito preguiçosa na cozinha pois a dieta não deixa comer o que quero e a minha filha tem tratado da alimentação dela e do irmão.
Esta receita é adaptada de uma outra que tirei do folheto "Dica da semana"

Photobucket

240gr de farinha (usei 100gr de farinha de aveia integral, 100gr de farinha de centeio integral, 20gr de farelo de trigo e 20gr de farelo de aveia)
255gr de queijo fresco (usei 250gr e 100gr de carne picada refogada com muito pouco azeite, alho e cebola)
2 ovos (usei 4)
1 c. de sopa de fermento em pó
salsa picada q.b.
sal q.b.
margarina q.b. (não usei... em vez disso usei 1 iogurte natural magro e 1 chávena de leite magro)

Barrar pequenas forminhas com margarina e polvilha-las com farinha (usei forminhas de silicone, onde não é necessário usar qualquer gordura). Entretanto, ligar o forno a 190ºC para aquecer. Numa tigela misture as farinhas, o fermento e o sal. Acrescente o queijo fresco bem picadinho com a faca e a carne picada.
Adicione os ovos previamente batidos com o leite e o iogurte. Junte a salsa picada e mexa tudo muito bem.
A consistencia desta massa tem de ficar ligeiramente cremosa para que fiquem bem fofinhos depois de feitos.
Divida a massa pelas forminhas e leve ao forno entre 20 e 25 minutos.
Desenforme e sirva.

Rolo de espinafres com salmão



250 gr. de Espinafres
2 ovos
Sal, Pimenta e Noz Moscada
1 embalagem de requeijão, 1 pitada de sal e 1/2 iogurte natural (misturados na picadora até atingirem a textura de creme)
100 gr de Salmão Fumado
Sumo de limão

Coza os espinafres sem água 5 min. no microondas e escorra bem. Bata as claras em castelo com uma pitada de sal. Reserve.
Numa picadora, coloque os espinafres cozidos, as gemas, o sal, a pimenta e a noz moscada e misture até que fique um puré macio. Com uma colher junte cuidadosamente as claras em castelo. Deite a mistura num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno a 200° cerca de 10-12 minutos.
Desenforme sobre um pano de cozinha onde colocou pelicula aderente. Deixe arrefecer um pouco tapado com o pano. Barre com o queijo e coloque fatias de salmão (pode borrifar com sumo de limão).
Enrole como se fosse uma torta e leve ao frio durante algumas horas. Corte fatias de +/- 1 cm e sirva sobre tostas.
Fonte: Fórum Bimby - Rolo de espinafres com queijo de ervas e salmão (receita adaptada).

Queijo Frito


Eu lembro que no Brasil as vezes eu comprava pipoca que vinha com pedacinhos de queijo frito, era muito gostoso! Agora tem um tal de queijo coalho, que eu não tive oportunidade de experimentar, mas dizem que é muito gostoso!
Aqui no Japão, nos restaurantes italianos, tem o camembert frito, que eu adoro! Esses dias navegando na net vi como se fazia em casa, mas custei a acreditar que era assim, já fiquei imaginando o queijo explodindo e saltando para tudo quanto é lado!
Mas, como não me aguento, rss, fui testar!!
E não é que deu certo!!!rss
Fica muito gostoso, mas é claro que o do restaurante é muito melhor! Mas vale a pena fazer em casa!
Se dá para fazer com outro tipo de queijo?? Não tenho ideia, mas acho que dá, pois a massa fica bastante grossa. Se alguém testar com outro tipo de queijo me avise!


Camembert Frito
  • Queijo camembert - aqui no Japão tem esse da foto, que vem cortado e embalado separadamente.

  • Farinha de trigo
  • Ovo batido
  • Farinha de rosca
  • Óleo para fritar
  1. Passar o queijo pela farinha, depois pelo ovo, e depois pela farinha de rosca. - Mas não acaba aqui!
  2. Passar novamente pelo ovo batido e depois novamente pela farinha de rosca. - Agora sim acabou.
  3. Fritar em óleo bem quente, é jogo rápido, coloca no óleo e vai virando até dourar. - O óleo tem que estar bem quente mesmo, pois se o queijo ficar muito tempo fritando ele começa a derreter e a sair. Tem que ficar virando o queijo, pois fica dourado muito rápido.
  4. Sirva em seguida, pois assim o queijo vai estar super molinho.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Tefal Home Bread XXL


Esta é uma máquina de fazer pão de grande capacidade.
Enquanto que a maioria das máquinas de fazer pão têm uma capacidade regulável de 500 g, 750 g e 900 g, esta máquina Tefal Home Bread XXL tem uma capacidade de fazer pães de 1,5 Kg!
Um pão de 750 g é suficiente alimentar uma família de 2 pessoas durante 2 dias, mas com 1,5Kg de pão é o ideal para uma família mais numerosa.

Possui um livro de receitas, os níveis de tostagem também são reguláveis e tem um temporizador para que o ciclo da tostagem tenha início até 15h depois de programar.

Outras características :
  • Potência: 860 W
  • Painel de comandos electrónico
  • 14 programas: pão, bolos, massas, doces e compotas
  • Programa de arranque diferido: 15 horas
  • 3 níveis de peso: 750g, 1000g e 1500g
  • 3 níveis de tostagem
  • Corpo termo-plástico
  • Janela de observação
  • Taça de preparação com revestimento anti-aderente
  • Cuba em alumínio
  • Livro com 26 receitas
  • Copo doseador e doseador duplo
  • Dimensões: 470 x 380 x 320 mm (LxAxP)
  • Garantia: 2 anos
  • Ref. OW500130
Na página da Tefal poderá encontrar o livro de instruções desta máquina, assim como a informação acima apresentada.
Encontra-se à venda na Worten Online por 110€.

Todas as máquinas de fazer pão têm programas equivalentes, logo se procura uma receita específica para esta marca de máquina, tenha a confiança que todas as receitas indicadas poderão ser confeccionadas nesta e noutras máquinas.

Pão de Cerveja e Queijo

O Pão de Cerveja é muito simples de fazer na máquina de fazer pão, e até dá para fazer variações como o Pão de Cerveja e Queijo, em que basta adicionar umas 150 g queijo ralado (de preferência de mistura de queijos).
Se preferir pode usar uma farinha já preparada com fermento das do LIDL ou da Nacional, evitando-se assim juntar a colher de fermento em pó indicada nos ingredientes.
Aqui vos deixo então a receita do Pão de Cerveja e Queijo.

Ingredientes:
1 cerveja média de 0,33 cl (poderá ser cerveja preta se preferir)
500 g de farinha de trigo
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de fermento em pó (ex. Vahiné) ou 15 g de fermento de padeiro
150g de mistura de queijos, ralados.

Preparação:
Colocar a cerveja em 1º lugar dentro da cuba, juntando-se de seguida os restantes ingredientes.
Programar a máquina para o programa normal, cor média.

Bolinhos de Corn Flakes


2 chávenas de chá de corn flakes
1 chávena de chá de miolo de noz
1 chávena de chá de côco ralado
1/2 chávena de chá de açúcar mascavado
2 ovos
5 quadrados de chocolate de culinária picados

Numa tigela juntar as nozes picadas, os corn flakes picados, o côco, o açúcar e o chocolate.
Bater as claras em castelo, envolver com as gemas e juntar ao preparado anterior.
Com a ajuda de uma colher, formar bolinhas e colocar num tableiro untado com margarina e polvilhado com farinha. Levar ao forno a cerca de 200º durante 20 minutos aproximadamente.

Rolé de Ricota

Aqui somos carnívoros assumidos e com todas as letras...sei que pode não ser o mais saudável pro organismo e é por isto que acabo comendo muito frango. Mas como ninguém é de ferro, a carne vermelha também desfila aqui... e é boa demais!
.
Nesta receita, o basicão é fazê-la com bacon e tudo que se tem direito... mas, pra não abusar, usei um recheio mais light! ;)

04 Bifes de Alcatra temperados a gosto
250g de ricota moída e temperada a gosto (usei aneto, tempero verde, sal e pimenta)
01 colher de sopa de maisena
04 folhas de presunto
01 cenoura grande em tiras
01 cebola grande em pétalas
1/2 pimentão amarelo em tiras
01 lata de molho pronto (por pura preguiça) :DD
01 xícara de água quente

.
Numa panela coloque a metade do molho. Reserve. Estenda os bifes e sobre cada um deles coloque uma folha de presunto, a ricota misturada a colher de maisena (isto é para dar liga e não debulhar toda sua ricota no molho), a cenoura, a cebola e o pimentão.
.
Enrole, prenda com palitos e acomode-os na panela reservada, sobre o molho. Cubra com o molho restante, a xícara de água e leve ao fogo alto até que reduza o molho e a carne esteja macia. Cuide para que não queime, se necessário adicione mais água durante o processo, até o ponto desejado.

RECEITA: Ana Anita.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Branco e Negro

Esta sobremesa, inspirada numa outra que a minha mãe costuma fazer chamada Doce Bicolor, foi uma agradável surpresa. Além de ser visualmente agradável, e levar chocolate, tem muito pouca gordura o que a torna uma sobremesa para comer com muito pouca culpa.

Ingredientes para 2 pessoas:

1 ovo
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de maisena
150ml de leite
4 bolachas com pepitas de chocolate
4 quadrados de chocolate negro
4 quadrados de chocolates Branco

Preparação:

Misture o ovo com o açúcar e a farinha. Adicione o leite, pouco a pouco, e vá batendo com uma vara de arames de modo a não ficar com grumos.
Leve ao lume, mexendo sempre, até começar a engrossar. Retire depois do lume e divida o preparado em 2 metades. A uma delas acrescente o chocolate negro, e à outra o chocolate branco. Mexas ambas as misturas até o chocolate derreter.
Entretanto esmigalhe as bolachas de chocolate.
Em 2 copos ou 2 taças começe por colocar 1 camada do creme de chocolate negro. Polvilhe com as bolachas de chocolate e cubra o creme branco. Coloque depois mais uma camade de creme de chocolate negro, e outra de chocolate branco.
Termine as camadas polvilhando generosamente com as restantes bolachas.
Leve ao frigorífico até servir.

Bom Apetite!

Verdades e Mentiras

Recebi essa brincadeira da querida Carol!

As regras são:
Dizer 9 coisas aleatórias a meu respeito, não importando a relevância.
Serão 6 verdades e 3 mentiras.
Então lá vai:
  1. Já cai de cima de um trem (o trem estava parado, e eu pulando de um vagão para outro).
  2. Adoro cobras e serpentes (acho elas lindas). " Mentira"
  3. Passei a gostar de berinjelas só depois dos 20 anos de idade (antes disso me custava muito colocar na boca).
  4. Já trabalhei numa loja de revelação de fotos (falava para os clientes que em outras lojas era mais barato rss).
  5. Já trabalhei numa confeitaria (nessa época engordei horrores rss). "Mentira"
  6. Já pesei 10 quilos a mais (odeio ver as fotos).
  7. Já tive o comprimento do cabelo na altura do quadril (as pessoas me perguntavam se eu estava pagando promessa rss).
  8. Adoro fígado (meu marido odeia, então eu faço a festa! rs). "Mentira"
  9. Não gosto de goiabada (não sei porque, não me agrada).

Agora tenho que descobrir as 3 mentiras da Carol, eu acho que são essas! Será que acertei!??

  • Adoro bolo de banana com maioneze
  • Ja trabalhei como fotógrafa de uma revista de esportes
  • Ja fiz um cruzeiro na Europa

Vou repassar essa brincadeira, mas como não sei quem já fez ou não, então se já tiverem feito fica apenas como um mimo.

Bolo Simples de Coco

Passado o susto a nossa cozinha volta a funcionar normalmente!
Tem dias que queremos algo simples e gostoso, essa receita de bolo de coco descomplicada, achei AQUI, mudei só um pouquinho, fiz na mão e usei os ovos inteiros. Não estava com muita vontade de lavar batedeira ou liquidificador!rs

Vou postar como eu fiz, para ver a receita original é só clicar no link. Fiz meia receita, mas deveria ter feito a receita inteira, pois ficou muito gostoso, vou postar a receita completa.

Ficou um bolo super fofo e leve, fica um bolo sequinho, mas não é quebradiço, daí que fica muito bom com o leite condensado por cima!!

Bolo de Coco

Massa

  • 2 xícaras de açúcar
  • 3 colheres de sopa de margarina
  • 3 ovos
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de leite de coco
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Cobertura

  • 1 lata de leite condensado - eu misturei um pouco de leite de coco, para que o leite condensado ficasse um pouco menos espesso
  • Coco ralado

  1. Misturar o açúcar com a margarina, até a margarina sumir e o açúcar ficar úmido.
  2. Junte os ovos e misture bem.
  3. Coloque alternadamente a farinha e o leite de coco, misture tudo muito bem.
  4. Por fim acrescente o fermento em pó.
  5. Coloque em forma untada e enfarinhada, asse por 30~40 minutos, forno pré aquecido, 180 graus.
  6. Depois de assado, com o bolo ainda quente, faça furos no bolo com um garfo e cubra com o leite condensado, depois polvilhe o coco ralado.

Broa de Fubá

Receitinha passada pela nutricionista Dra. Bety... consegui fazer! O sabor fica muito bom!!!

Ingredientes:
- 1 copo de leite de coco
- 3 copos de chá de erva-doce bem forte
- 1 colh. (chá) sal
- 2 colh. (sopa) manteiga ou 2 colh. (sopa) de gordura de coco extra-virgem
- 1 colh. (sopa) sementes de erva-doce
- 5 gemas
- 500gr fubá
- 125gr açúcar (se quiser, coloque menos... fica mais saudável!!)

Preparo:
Pré-aqueça o forno a 150º (forno baixo). Unte uma assadeira retangular com manteiga e polvilhe com fubá. Reserve. Numa panela grande junte o leite de coco, o chá forte, a manteiga, o sal, as sementes de erva-doce e o açúcar. Leve ao fogo médio.
Quando a mistura começar a ferver, adicione o fubá aos poucos, mexendo sempre para não emeplotar. Deixe cozinhar por 5 min ou até a mistura começar a desgrudar do fundo da panela.
Retire a panela do fogo e acrescente os ovos, um a um, misturando bem. A massa deve ficar brilhante, lisa e mole. Talvez precise de um ovo a mais ou a menos.

Para fazer as bolinhas: Unte uma xícara com manteiga e polvilhe com fubá. Coloque 1 colh. (sopa) da massa dentro da xícara. Faça movimentos circulares com a xíc para que a massa vire uma bolinha. Escorregue a bolinha da massa direto para a assadeira untada e polvilhada com fubá. Faça mais umas 4 ou 5 bolinhas. Depois unte e polvilhe a xíc novamente. Repita a operação com toda a massa.

Leve a assadeira com as broinhas ao forno pré-aquecido e asse por uns 20min ou até que fiquem levemente douradas. Depois é só comer!!
*Na foto o marido recheou com geléia de framboesa... dilícia!

TORTA DE CAMARÃO COM PALMITO (LIGHT)


TORTA DE CAMARÃO COM PALMITO (LIGHT)
Ingredientes:

100 g de camarão pequenos
1/2 xícara(chá) de leite desnatado
4 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 gema
1 clara em neve
1 colher(sobremesa rasa) de fermento em pó
2 tomates em rodelas
1 vidro de palmito pequeno
1 pimentão picadinho(se gostar)
1 cebola picada
alho amassado
cebolinha e salsinha picadas
sal a gosto

Modo de Fazer:
Recheio: Refogue a cebola, alho, salsinha, pimentão, tomate, cebolinha, camarão, palmito e o sal. Reserve.
Massa: Em um recipiente, coloque a gema, a farinha, o leite, o sal, o fermento e a clara; misture tudo. Coloque metade da massa em uma forma untada e em seguida coloque o recheio. Cubra com o restante da massa e decore se quiser com rodelas de tomate. Asse até dourar. Sirva com uma salada de folhas.

Obs.: Esta receita é pequena para quem não quer faze grandes quantidades, mas caso queira maior dobre a receita.

gifsaté mais

Lanchar à crescido... com scones e tudo!

'Lanchar

Quando era miúda, tinha uma tia que nos preparava lanches nas loiçinhas das bonecas! Há coisas que não se esquecem... e há valores que se transmitem! Há algumas coisas que quero que as minhas filhas (e os meus sobrinhos) possam viver tal como eu vivi! Preparei-lhes um lanche rápido "à crescido". Rápido, porque hoje os miúdos vivem a correr. Têem oferta demais para o que conseguem digerir e acabam por fazer tudo e não apreciar nada! Mas enfim... isso agora dava pano para mangas!!! Aqui fica a receita dos scones (da Cor da Rosa):

16 colheres de sopa de farinha bem cheias
1 colher de chá de fermento
3 colheres de sopa de açucar
12 colheres de sopa de leite
2 ovos
2 colheres de sopa de manteiga derretida

Misturar todos os ingredientes com a mão. Se necessário juntar mais farinha até ser possível moldar bolinhas. Distribuir por um tabuleiro - afastadas uns centímetros - forrado com papel vegetal. Levar ao forno previamente aquecido durante cerca de 15 a 20 minutos. Para os mais gulosos polvilhar os scones com açucar. Servir ainda quentes com manteiga, mel, doce ou compota a gosto.

Bom apetite!

Queijadinhas Folhadas


Ingredientes para a massa folhada

500g de farinha de trigo
1 copo de água
1 colher de café de sal
500g e manteiga ou margarina

Modo de Preparo

1 Amasse a farinha com a água e o sal, sove-a bem e deixe repousar em lugar fresco por 30 minutos.
2 Abra a massa, passe 1/4 de manteiga e dobre como um envelope.
3 Deixe descansar 15 minutos na geladeira, abra de novo a massa e repita a mesma operação com os restantes 3/4 de manteiga.
4 Abra então a massa corte rodelas e forre forminhas pequenas, previamente molhadas. Recheie e leve ao forno quente.

Ingredientes para o recheio

3 xícaras de chá de açúcar
12 gemas
2 claras
1 coco ralado
2 colheres de sopa de manteiga amolecida

Modo de Preparo

1 Misture tudo muito bem, deite nas forminhas sem encher para não derramar no forno.
2 Depois de prontas decore com calda caramelada e com uma cereja ou ameixa

Ingredientes para a calda caramelada

2 xícaras de chá de açúcar cristalizado
1 xícara de chá de água mais 
1/2 xícara de chá de água

Modo de Preparo

1 Ferva o açúcar com a água (1 xícara) até caramelar sem queimar.
2 Junte a 1/2 xícara de água e deixe dissolver o caramelo  até obter uma calda grossa.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Tostas de Mozarella com Frutos Vermelhos

Foi uma entrada pensada e prepara em poucos minutos, depois de ter convidado o F e a AM para jantar mesmo em cima do acontecimento.
Como foi um jantar memorável, esta simples entrada, que agradou a todos, fica então registada

Ingredientes para 4 pessoas:

4 fatias de pão caseiro
azeite aromatizado q.b.
12 mini bolas de mozarella
flôr de sal
pimenta q.b.
Compota de frutos silvestres

Preparação:

Coloque as fatias de pão num tabuleiro previamente forrado com papel de alumínio e regue-as generosamente com o azeite aromatizado e tempere com um pouco de flôr de sal e pimenta.
Leve o pão ao forno previamente aquecido até começar a ficar dourado.
Retire, coloque 3 bolinhas de mozarella, previamente cortadas ao meio, em cada uma das fatias de pão e leve novamente ao forno até o queijo derreter.
Retire, tempere com um pouco mais de flôr de sal e pimenta, e regue com a compota de frutos silvestres que se diluiu num pouco de água e se levou ao microondas a ferver.
Sirva de imediato com uma salada verde.

Bom Apetite!

Portobello recheados I


2 cogumelos portobello,
1 cebola pequena,
1 dente de alho,
2 colheres de sopa de cubos de bacon (ou presunto em fatias finíssimas)
3/4 metades de tomate seco (não coloquei),
3 colheres de sopa de polpa de tomate,
0,5 dl de vinho branco,
1 folha de manjericão fresco (não coloquei),
Queijo ralado da Ilha,
3 colheres sopa de azeite,
Oregãos e pimenta q.b.

Lave bem os cogumelos, corte-lhes os pés. Refogue a cebola picada, o alho, a polpa de tomate, o vinho e o tomate. Tempere com pimenta moída. Dispôr os cogumelos numa travessa, rechear com o preparado, salpicar com o queijo e com o bacon. Levar ao forno a 180º até estarem dourados (cerca de 20 min).
Fonte: Portobello recheado a dois da Margarida (Figo Lampo)

Pão de flocos de trigo


Para um pão de 500g:
300ml de leite morno
1/2 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de sal grosso
1/2 colher de chá de açucar amarelo
150gr de flocos de trigo
300gr de farinha de trigo
1/4 embalagem de 25g de fermento fresco
Coloque na cuba todos os ingredientes pela ordem indicada e escolha o ciclo "pão integral".
Fonte: Pão de flocos de trigo (Cozinha da Risonha).

bacalhau no forno


2 postas de bacalhau
4 batatas
Salsa, azeite, cebola cortada em rodelas finas
Colorau, sal e pimenta
Alho
Num recipiente de barro coloque todos os ingredientes. Leve ao forno até que as batatas fiquem bem cozidas.

Bola de Carne

Tudo começou porque uma colega me deu uma receita de Bola de Carne e eu ainda fui fazer pesquisa no Google sobre esta receita.
A que me pareceu mais simples é esta que aqui vos apresento e foi retirada daqui. Rende bastante para duas pessoas comilonas como nós. Numa refeição comemos metade do que está no tabuleiro e depois fomos petiscando pequenos quadradinhos da bola fora das refeições. Acabou por sobrar 1/3 da bola mas é a quantidade ideal para uma festa, por exemplo, ou para entrada/petisco num jantar de amigos.

Ingredientes:
  • 6 ovos,
  • 1 copo de água com leite,
  • ¾ do mesmo copo de óleo
  • 3 copos, iguais aos anteriores de farinha,
  • 2 colheres de chá de fermento em pó,
  • chouriço cortado em pedaços fininhos,
  • fatias de fiambre cortadas aos pedaços,
  • bacon cortado aos pedaços,
  • eu acrescentei um resto de carne assada cortada aos bocadinhos.
Confecção:

Batem-se os ovos inteiros com o óleo durante 15 minutos, com a colher de pau, ou 5 minutos com a batedeira eléctrica.
Em seguida, juntam-se aos poucos, o leite a farinha e o fermento para não formar grumos.
Por fim juntam-se as carnes e deita-se, o preparado num tabuleiro untado com margarina e polvilhada com farinha.
Vai ao forno, pré-aquecido a 200ºC, durante cerca de 30 minutos.
Para ver se a bola está cozida espete-lhe um palito. Se este vier seco a bola está pronta Desenforme e quando estiver frio delicie-se.

Torta Dourada



Ingredientes para a massa de coco

250g de açúcar
1 coco ralado
12 claras em neve

Modo de Preparo

1 Misture o açúcar com o coco e deixe dourar em fogo brando e mexendo sempre.
2 Depois de esfriar, adicione as claras, mexendo sem bater.
3 Divida em três formas iguais, untadas e forradas com papel também untado.
4 Forno brando até secarem. Deixe esfriar, desenforme e reserve.

Ingredientes para o primeiro recheio

350g de açúcar granulado
1 copo americano de água
12 gemas
1 colher de chá de essência de baunilha

Modo de Preparo

1 Ferva o açúcar com a água até obter uma calda em ponto de fio.
2 Deixe esfriar um pouco e junte às gemas já passadas pela peneira.
3 Leve ao fogo brando, mexendo sempre até engrossar. Retire e acrescente a baunilha. Deixe esfriar e reserve

Ingredientes para o segundo recheio

250g de açúcar
1/2 litro de água
250g de ameixa-pretas

Modo de Preparo

1 Ferva todos os ingredientes, retire os caroços e esmague as ameixas ou bata no liquidificador. Deixe esfriar e reserve.

Montagem da torta

1 Comece com uma das placas de massa de coco, cubra com primeiro recheio, depois com o segundo, terminado com nova camada de massa de coco.
2 Repita a mesma operação com a última camada de massa.
3 Reserve um pouco do primeiro recheio e cubra toda a torta. Se quiser pode polvilhar com coco tostado.

Trança Semi-Folhada e Pretzel - Rosana Portela

A Rosana, membro de nossa comunidade, fez estas duas receitas e postou com fotos que foram de arrancar suspiros entre membros e salivar de vontade... hehehehe E veja como é realmente uma delícia!
.
Trança Semi- Folhada - Receita Chef Ana Costa.
Massa:
40g de fermento fresco
02 colheres (sopa) de açúcar
01 colher (sopa) de óleo
01 colher (chá) de sal
300ml de água em temperatura ambiente
500g de farinha de trigo
04 gemas para pincelar
.
Recheio:
200g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
200g de presunto
200g de queijo prato
alho desidratado
orégano a gosto
.
Bata no processador o fermento, o açúcar, o óleo, a farinha de trigo, o sal e a água até formar uma massa consistente. Retire, divida a massa em duas partes, abra em formato de retângulos. Sobre cada massa espalhe a manteiga, salpique o queijo, o presunto, e os temperos. Enrole como rocambole bem firme, corte e trance de modo que o recheio fique por cima. Pincele com gemas e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC graus, por aproximadamente 35 minutos.
.
PRETZEL
02 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
01 xícara (chá) de água morna
02 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente
01 colher (sopa) de açúcar
½ colher (chá) de sal
01 envelope de fermento biológico seco (10g) ou 1 tablete fermento fresco (15g)
.
Para banhar os pretzels
500g de manteiga derretida e morna
.
Para polvilhar
Queijo parmesão ralado
Canela e açúcar
Chocolate em pó
.
Recheio Usado:
Salsichas
.
Em uma tigela misture a água morna com o fermento até dissolvê-lo, junte a manteiga, o açúcar, o sal e a farinha. Misture até ficar uma massa homogênea, cubra e deixe descansar por 15 minutos. Sobre uma superfície lisa polvilhada com farinha de trigo, coloque a massa e divida em 12 pedaços. Faça rolos de 80 cm de comprimento e modele-os no formato de pretzel.
.
Coloque-os numa assadeira untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo, deixe descansar por 30 minutos. Leve ao forno bem quente (350ºC), asse por 5 a 8 minutos ou até dourar ligeiramente. Retire do forno, passe rapidamente pela manteiga derretida e polvilhe a cobertura desejada.
.
Esta receita custa no total de R$ 4,00 a R$ 10,00 (supondo que você pague muito caro nos ingredientes)sem contar a cobertura e rende mais ou menos uma dúzia de pretzels
.
Fonte: Site Mais Você
RECEITAS E FOTOS: Rosana Portela.


Peito de frango com presunto crocante

Peito de frango com parmesão e presunto / Chicken breast with parmesan cheese and smoked ham





Ingredientes
Peitos de frango
Fatias de presunto fininho (2 por cada peito de frango)
Queijo parmesão
Pimenta preta
Tomilho fresco
Raspa de limão
Azeite


Preparação
Envolvem-se os peitos de frango em pelicula aderente e batem-se com o maço da carne (ou com a frigideira) para ficarem com uma espessura equilibrada. Retira-se a película aderente e polvilham-se os peitos de frango com o tomilho fresco, o queijo ralado (na altura), pinenta preta também moida na altura e raspa de limão. Colocam-se por cima as fatias de presunto. Leva-se uma frigideira anti-aderente ao lume com um fio de azeite, deixa-se aquecer e colocam-se os peitos de frango com opresunto para baixo. Deixam-se cerca de 3 minutos de cada lado virando a meio do tempo. O lado do presunto pode ficar mais 1 minuto para ficar bem crocante. Normalmente serve-se acompanhado de puré de batata, este foi acompanhado por couve à brasileira. Photobucket



Foto daqui. Receita roubada ao Chef Gomezzz que por seu lado a roubou noutro lado qualquer.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Massa Rápida para Pizza

Quem nunca teve um desejo súbito de comer Pizza? E quando podemos fazer e comer pizza em menos de 20 minutos com uma massa preparada em casa?
Parece mentira, mas descobri neste blog que regularente visito, uma receita infalível para uma massa de pizza deliciosa em poucos minutos. Aconselho a experimentarem.

Ingredientes para 2 pizzas de 30 cm de diametro:

450g de farinha de trigo
200ml de água
15g de fermento em pó químico (tipo royal)
1 colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de azeite

Preparação:

À mão, no robot ou MFP, juntar todos os ingredientes até obter uma bola homogénea.
Dividir a massa em duas partes e esticar cada uma delas na pedra enfarinhada.
Colocar na forma e levar ao forno 5 minutos na temperatura máxima.
Retirar, rechear com os ingredientes favoritos e levar novamente ao forno mais 10 a 20 minutos a 200ºC.
(Na pizza que aparece na foto usei molho de tomate com mangericão de compra, queijo mozarella fresco, e pesto.)

Bom Apetite!

Gelado da Júlia




1 lata de leite condensado (retire 1 colher de sopa para adoçar as natas)
1 lata de leite normal
1/2 vagem de baunilha (opcional)
4 quadradinhos de chocolate de culinária
2 ovos
1/2 pacote de natas

Numa panela, coloque os leites, o chocolate e a baunilha. Quando estiver tudo bem misturado retire do lume. Separe as claras das gemas e passe as gemas por uma peneira. Misture as gemas no creme. Coloque novamente esta mistura e deixe engrossar lentamente. Verta esta mistura para um recipiente que possa ir ao congelador. Entretanto bata as claras em castelo e as natas separadamente. Misture as natas com as claras cuidadosamente e adoce com o leite condensado que sobrou (1 colher de sopa). Coloque este creme branco por cima do creme de chocolate e leve ao congelador. Retire do frio meia hora antes de servir.

Iogurte de baunilha


1 litro de leite
50g de leite condensado
1 iogurte natural
1/2 medida (copo de iogurte) de leite em pó
1/2 vagem de baunilha
Aqueça o leite com o leite condensado e a vagem de baunilha (parta ao meio, longitudinalmente, e raspe as sementes. Junte tudo ao leite). Deixe arrefecer e vá mexendo para que não se forme nata por cima. Misture depois o leite com o iogurte e o leite em pó. Misture tudo muito bem. O procedimento para fazer os iogurtes é este.
Nota: receita inspirada nesta receita.

Paté light de atum





1 lata de atum (em azeite ou em água)

1 colher de sopa de iogurte natural

1 colher de sopa de maionese light

1/2 queijo fresco

Pickles

Azeitonas recheadas

Sal e pimenta

Pique todos os ingredientes na picadora e sirva com tostas.

"Pão-de-queijo" sem queijo

Na verdade, eu estava testando uma receita de pão sem glúten e o resultado foi "pão-de-queiro sem queijo". Lá em casa eu coloquei a massa pronta numa forma retangular de pão, mas teria ficado melhor se eu tivesse feito como se fosse pão-de-queijo mesmo, em forminhas individuais. Vivendo e aprendendo! Segue a receita:

Ingredientes:
- 3 ovos
- 1/2 copo de óleo
- 1/2 copo de água
- 1 colh. (sopa) rasas de açúcar
- 1 colh. (chá) de sal
- 2 copos de polvilho doce
- 1 colh. (sopa) fermento em pó

Preparo:
Pré-aqueça o forno em 180º e untar as forminhas. Bater tudo muito bem no liquidificador e acrescentar por último o fermento. Colocar a mistura nas formas e assar por 30 minutos.

*Fica bem com o gostinho do pão-de-queijo. Dá pra comer tanto com manteiga ou com doce. Na próxima vez vou experimentar fazer recheado, com bacon, orégano, tomatinhos... nham nham!

A Minha Sugestão ...!

Photobucket

Que Tal ...!?

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Hamburguers do Jamie Oliver

Todos sabem a minha paixão pelo Jamie Oliver. Nunca me esqueci do primeiro programa que vi.
Foi em 1998, na BBC Prime, e o Jamie Oliver, na altura ainda com aspecto de adolescente imberbe estava a cozinhar um rissoto de ervilhas e camarão. Era um episódio do "The Naked Chef".
Nunca tinha visto ninguém a cozinhar com aquele à vontade e com aquela paixão. Se já na altura gostava de cozinhar a partir do momento que passei a seguir o "The Naked Chef" fiquei a ser ainda mais entusiasta pela cozinha. Lembro-me de falar no Jamie Oliver e de ninguém conhecer, nem mesmo nas livrarias onde avidamente buscava os livros que sabia editados no Reino Unido.
Tenho pena de a maioria das pessoas, pelo menos em Portugal, terem demorado tanto tempo a descobrir o Jamie Oliver. Ainda bem que agora é conhecido por todos.
Foi condecorado pela Rainha de Inglaterra, é convidado regular na "Oprah". Os seus livros estão expostos em todas as grandes superfícies e traduzidos em português. Os seus programas passam na nossa televisão. Aparece em revistas e jornais portugueses...
E eu continuo a adorar o Jamie Oliver. Tenho todos os livros, gravo todos os programas, e defendo-o de cada vez que ouço ou leio alguém criticar a sua maneira de estar na cozinha ou de cozinhar. Identifico-me com aquela paixão que ele tem pela comida, com a maneira como desmistifica os alimentos, em como faz o acto de cozinhar parecer a coisa mais simples do mundo
Assim sendo, aqui fica mais uma receita do Jamie. Podem encontrar a receita original no seu novo livro " Jamie´s Ministry of Food", na página 146, com o nome A Cracking Burguer.
E Bom Carnaval a todos!

Ingredientes para 6 hamburguers:

12 bolachas Cream Crackers
4 colheres de sopa de salsa picada
2 colheres de chá de Mostarda de Dijon
500gr de carne picada
1 ovo
sal e pimenta q.b.
azeite
6 folhas de alface
2 tomates
6 fatias de queijo flamengo
6 pães de Hamburguer

Preparação:

Pique as bolachas no robot de cozinha e coloque-as numa taça. Junte depois a carne, a salsa e a mostarda. Adicione o ovo e tempere de sal e pimenta. Com as mãos, misture tudo muito bem
Divida a carne em seis partes iguais e molde formas redondas com cerca de 2cm de altura
Coloque no frigorífico antes de cozinhar.
Leve um grelhador ou frigideira anti aderente ao lume com um fio de azeite e cozinhe os hamburguers de ambos as lados.
Entretanto lave as folhas de alface e corte o tomate em rodelas. Barre o pãozinho de hamburguer com o molho da sua preferência (maionese, ketchup, mostarda, ...) e coloque a alface, umas rodelas de tomate e em seguida o hamburguer e uma fatia de queijo flamengo.
Sirva com umas batatas fritas aos palitos.

Bom Apetite!

Älplermakronen ou "Macarrão dos Alpes"

Foto fresquinha, do macarrão feito minutos atrás!

Receita fácil e saborosa, um prato típico suíço (achou que era só fondue e raclete??!!). Que tal impressionar hoje à noite? :D
Basicamente um macarrão com... batatas e queijo! E creme de leite! Segundo nosso amigo suíço Michael, que está ali na cozinha preparando e ditando pra mim as quantidades, as pessoas por lá dizem que este é um prato pra se fazer quando se tem batatas sobrando, hehe!! Ele diz que a proporção tradicional é mais ou menos o mesmo peso em massa, batata e queijo. Mas o Michael particularmente coloca MAIS queijo!!
Então, mãos à obra!
Para 4 pessoas, colocamos pra cozinhar 4 batatas grandes em cubinhos em uma panela de 5 litros com água fria. Assim que a água ferver, vamos esperar 5 minutos e acrescentar nessa mesma panela, junto com as batatas, a massa, 400g de penne. Cozinharemos mais o tempo necessário para a massa, no caso, cerca de 10 minutos.
Numa tigela separada, você deve ter cerca de 400g de queijo ralado. Nós estamos usando um mistura de gruyère e emmenthal, pois o toque é suíço ;) Mas creio que é possível abrasileirar ou dar o toque pessoal, de acordo com os seus queijos preferidos. Vale uma primeira tentativa com essa mistura suíça, claro! Essa mistura foi temperada com um pouco de pimenta e noz moscada moídas na hora.
Agora, uma pequena controvérsia alpina: colocar ou não um pouco de presunto cozido. Nós estamos usando, cerca de 100g, também ralado e misturado aos queijos.

Quando o macarrão finalmente estiver cozido, escorreremos a água e vamos misturá-lo ao queijo e a cerca de 250g de creme de leite fresco. Hummm!!! Assim já pode ser considerado pronto, é um jeito de serví-lo. Nós temos um porém: é possível gratiná-lo! Então nós guardamos um pouquinho do queijo para pôr por cima e metemos tudo no forno. Esperamos criar aquela linda casquinha dourada e finalmente servimos!
Vai acompanhado de purê de maçãs (!!!) ou uma saladinha e coberto por cebolas carameladas (fritinhas na manteiga).
Guten appetit!

Você sabia? Segundo fontes locais (o Michael, aqui do meu lado) essa receita surgiu como uma forma de reaproveitar sobras, e acabou tornando-se um ícone da culinária suíça.

Pelo mundo: Enquanto um suíço consome em média 20kg de queijo por ano, no Brasil, a média per capita/ano é de apenas 3kg.


Enroladinho de presunto com brócolis


A receita de hoje é para podermos aproveitar esses alimentos funcionais, que estão por aqui a nossa volta.E nada melhor do que podermos comer bem, com qualidade e com um valor calórico que não é tão alto.
Ao realizar essa receita, minha casa ficou cheirando Natal! Mas eu tenho quase certeza que foi a combinação dos ingredientes. Mistura de cervejinha, presunto e a mostarda... Hummmmmmmm!
Vamos fazê-la???
INGREDIENTES:
8 fatias de presunto sem capa de gordura;
150 gramas de ricota amassadinha (p/recheio);
1 xícara de brócolis cozido (p/recheio);
1 pitada de noz moscada(p/recheio);
2 colheres (sopa) de requeijão light (p/molho);
1/2 xícara de cerveja(p/molho);
1 colher (sobremesa) de mostarda (p/molho):
sal à gosto.
COMO FAZER:
Comece preparando o recheio.Junte a ricota amassada, o brócolis e a noz moscada.Recheie as fatias de presunto.Enrole e coloque num refratário.Reserve.
Faça o molho, misturando os ingredientes do molho numa panelinha e levando para aquecer.Deixe apurar alguns minutinhos.
Coloque o molho sobre os rolinhos e leve ao forno quente (250°C) por 10 minutos.Sirva logo em seguida.
Rende 8 rolinhos , sendo que cada rolinho terá aproximadamente
75 kcal.
beijos

Só uma sopa...

Pois bem...enquanto a maioria está a divertir-se em praias, clubes ou campo, devido ao feriadão de Carnaval... eu ganhei uma baita gripe, para cuidar! E ainda de quebra uns dias de trabalho no feriado!
.
Aí...como, além do corpo doído, ainda uma "preguicinha" para cozinhar algo diferente, mas precisando de alguma coisa para ajudar passar o efeito calamitante da gripe... o jeito foi partir para uma sopa...


O que usei:

  • 01 peito de frango cozido desossado e em cubos
  • 01 litro de caldo de frango cozido (usei o que cozinhei o frango)
  • 01 cenoura em cubos
  • 02 batatas em cubos
  • 01 cebola média em cubos
  • 02 dentes de alho amassados
  • 01 linguiça calabresa fina em cubos
  • Tempero verde a gosto para polvilhar

Reserve a carne e o caldo. Em uma panela, frite com um fio de azeite o alho e a cebola, coloque a linguiça calabresa, deixe-a ficar dourada. Coloque o restante dos ingredientes sendo a carne e o caldo reservados, por último. Deixe cozinhar, até que os legumes fiquem macios. Retire, polvilhe o tempero verde e sirva.

Dica: Quando faço sopas de legumes, costumo espremer algumas gotas de limão em meu prato. Sei que não é muito comum... Mas o sabor é perfeito! Caso queiram provar... está aí a dica!

RECEITA: Ana Anita.

Bolo de natas e laranja

Bolo de natas com laranja

Aqui está mais um daqueles bolos muito fáceis de fazer... uma chávena disto, outra daquilo, e pronto! Gosto destes! Além de fácil, tem a vantagem de ser grande e sobrar para os primeiros dias da semana para acompanhar o café do pequeno almoço!! Penso que tirei a receita do site do açucar Sidul... mas já não tenho bem a certeza! Aqui fica:

1 chávena e meia de açucar
2 pacotes de natas - 400ml
sumo e raspa de 1 laranja
2 colheres de sopa de côco
3 chávenas de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
4 ovos

Misturar os ovos com o açucar. Juntar o sumo e a raspa de laranja. Adicionar as natas, o fermento, a farinha e o côco. Levar a forno médio (190ºC) até estar cozido (cerca de 40/50 minutos).

Bom apetite!!

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Caril de Borrego

Por aqui, caril é sempre bem vindo. E fazemos caril de tudo. De peixe, de camarão, de frango, com carne de porco... Desta vez foi com borrego.
Um caril muito simples, mas delicioso, que animou ainda mais uma maravilhosa tarde de Domingo.

Ingredientes para 2 pessoas:

400gr de carne de borrego (usei cachaço)
150 ml de leite de côco
1 colher de sopa de óleo vegetal
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 cebola pequena
1 colher de sopa de coentros picados
2 colheres de sopa de Pó de Caril (o melhor que encontrar)

Preparação:

Pique a cebola e leve-a ao lume com o óleo vegetal. Assim que a cebola começar a querer alourar, junte o pó de caril e deixe fritar um pouco em lume brando. Adicione depois a carne cortada em cubos e deixe alourar de todos os lados. Junte o leite de côco, a polpa de tomate e os coentros.
Tempere om sal, e deixe cozinhar em lume brando até a carne estar macia.
Acompanhe com arroz basmati cozido.

Bom Apetite!

Broa de Milho

Maize for popcorn, cultivated in Hungary, prod...Image via Wikipedia


Adoro comer broa de milho.
E agora achei a receita para a poder fazer na máquina de fazer pão.
Aqui a deixo compartilhada com vocês:

Ingredientes:
250g de farinha de trigo tipo 65
250g de farinha de milho
180g de leite
2 Ovos
30g de manteiga (pode ser margarina, mas eu prefiro manteiga)
1 Pacote de fermento biológico Vahiné
1 Colher de chá de sal

Preparação:
Colocar na cuba por esta ordem: primeiro o leite e o sal, depois a manteiga derretida, depois as farinhas e os ovos e por fim o fermento.
Programa normal, cor média.

Receita retirada de Manias e Receitas

Reblog this post [with Zemanta]

AVISO IMPOTANTE - principalmente para quem está no Japão

Não tenho o hábito de postar outra coisa senão receitas ou algo ligado à culinária aqui no blog.


Mas como sei que tem meninas que moram aqui no Japão e que dão uma passadinha por aqui, não tenho como não postar esse aviso.


Hoje segunda-feira, dia 23 de Fevereiro as 3 horas da manhã, entrou um ladrão no meu apartamento, ele abriu a porta do quarto, meu marido viu uma sombra negra e logo levantou, indo pra cima dele, colocando para fora de casa; foi horrível, entrei em pânico...nem lembro direito, meu marido disse que eu queria pegar o ladrão, mas eu só pensava que ele poderia ter uma faca, e meu marido estava grudado nele.
Na hora meu marido chamou a polícia, que veio muito rápido...e a pergunta era "por onde ele entrou?"...estava tudo fechado, daí o policial ficou perguntando se a gente tinha 100% de certeza de que tinha fechado a porta da entrada...com essa pergunta qualquer um fica com dúvida!
Mas depois de algum tempo chegaram outros políciais, acho que eram investigadores, pois ficaram tirando fotos e procurando digitais. Um deles entrou no banheiro e viu marcas na janela...ele entrou pela "janelinha" do banheiro, que é pequena...impensável...tanto é que sempre deixamos aberta.
Mais impensável ainda porque moramos no segundo andar!
A polícia rondou o bairro, mas não conseguiu encontrar o ladrão. Que não roubou nada, ele entrou pela janelinha do banheiro, fechou a janelinha, abriu a porta que dá acesso à cozinha, fechou a porta e foi direto para o quarto, abrindo a porta bem devagarinho, segurando uma lanterna.



Meninas deixem tudo fechado, não abram a porta antes de checar quem está do outro lado e qualquer barulho estranho chame a polícia! Nós já estávamos ouvindo barulhos esquisitos, mas achamos que era o vizinho do apartamento de cima e não demos importância.
O ladrão não era estrangeiro, era japonês; a nossa sorte é que não estava armado. Aqui já não é tão seguro...como pensávamos...

Graças a Deus está tudo bem!
" É claro que esse aviso não é só para quem mora no Japão, afinal de contas no mundo todo estamos sujeitos à vários tipos de violência...mas aqui o sentimento de segurança é muito grande...as pessoas ainda deixam portas e janelas encostadas, e é muito difícil ver grades por aqui. "




Receita de Arroz Branco na MFP

Ingredientes:
1 Cebola
1/2 dente de alho
Sal
1 pouco de azeite
Arroz
Água

Confecção:
Picar a cebola e o dente de alho e colocar na cuba da máquina de fazer pão.
Juntar sal e por fim o azeite.
Adicionar o arroz e colocar água até cobrir o mesmo.
Utilizar o programa "Cozer" e verificar ao fim de 20m se o arroz já se encontra cozido.

Bolo Rei na MFP

Ingredientes:
700g de Farinha Espiga Tipo 65
10g de fermento seco (ou 3 + ½ colheres de chá)
1dl de água fria
150g de açúcar
100g de margarina
50g de manteiga
3 ovos
100g de frutos secos (pinhões, nozes, amêndoas) partidos
50g de passas
1 laranja, raspa do vidrado
0,5dl de vinho do Porto (ou 4 colheres de sopa)
½ colher de chá de sal
Frutas cristalizadas, amêndoas peladas inteiras e nozes para decorar.
Geleia para pincelar.

Preparação:
Junte a farinha, o fermento, a água, o açúcar, a margarina e a manteiga (amolecidas), os ovos, a raspa de laranja e o sal. Seleccione o programa “massa de pizza” (com duração cerca de 1h30m).Ao fim da primeira amassadura, acrescente frutas secas, passas, vinho do Porto e seleccione novamente o programa “massa de pizza”. No final retire a massa da forma da máquina e forme o bolo rei (o buraco deve ser largo). Coloque num tabuleiro, previamente untado de óleo. Tape com um pano e deixe levedar por 2h em lugar “quentinho”.Pincele o bolo com geleia, decore com frutos secos e cristalizados e enfeite com açúcar em pó em montinhos.Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, por 30 a 35 minutos. Retire e volte a pincelar com geleia.

Receita das Farinhas Lusitana

Batatas Assadas na MFP

Já apresentei aqui receitas de carne que se podem fazer utilizando apenas a função cozer da máquina de fazer pão, mas desta vez venho aqui colocar uma receita de como se pode fazer um acompanhamento bastante simples (quando por ex. o peixe está a grelhar no fogareiro), chamado batatas assadas.

Ingredientes:
Batatas cortadas aos cubos
1 pouco de azeite
1 pitada de sal
Colorau
Salsa picada

Confecção:
Colocar os ingredientes acima indicados (excepto a salsa) pela ordem apresentada, na máquina de fazer pão. Utilizar o programa "Cozer". Ao fim de 40m verificar se as batatas já estão cozidas.
Ao molho composto pelo azeite, sal e colorau, juntar a salsa picada.
Regar as batatas com este molho.
Bom apetite!

10 Dicas Preciosas Para Fazer Pão na MFP

Quando se compra uma máquina nova para fazer pão, ficamos a olhar e a pensar: "E agora? Como é que se faz o pão?" Bem, é simples se cumprirmos umas regras que parecem bastante simples, mas para quem faz pão pela primeira vez não dá por elas:

1-Não esquecer de encaixar a pá no fundo na cuba
A cuba é o recipiente onde o pão é feito e cozido. Com a máquina, vêm umas (ou somente uma) pá, que é encaixada na cuba, e que vai fazer a mistura dos ingredientes, mexer a massa... é essencial não esquecer, senão o pão vai directamente para o lixo, depois de feito.

2-Ordem dos ingredientes
Colocar sempre os ingredientes líquidos em primeiro lugar dentro da cuba, e só depois se adicionam os sólidos. O fermento deve ser o último a ser adicionado, para não ficar em contacto com a água nem com o sal, evitando-se que entre em actividade antes do tempo pretendido. Por exemplo quando se programa a máquina à noite para ter o pão pronto de manhã, é essencial não esquecer esta regra de colocar o fermento por último, em cima da farinha.

3-Juntar passas ou sementes só quando a máquina indicar
As máquinas de fazer apitam durante o ciclo de mistura para que se possam adicionar passas ou sementes se for desejado. Apenas nesta altura é permitido abrir a tampa da máquina.

4-Não abrir a tampa da máquina durante o tempo de amasso/repouso da massa
A máquina de fazer pão cria um ambiente de temperatura constante e ideal para que o pão possa crescer. Se abrirmos a tampa da máquina enquanto o pão está a ser feito, vamos fazer variar a temperatura dentro da cuba, afectando o crescimento do pão. Por isso apenas é permitido abrir a tampa da máquina para juntar sementes ou passas, quando a máquina apita durante o ciclo de amasso/repouso.

5-Fermento biológico vs fermento seco em pó
Ambos se podem utilizar, no entanto é preciso ter sempre em atenção que se for utilizado o fermento biológico (fermento de padeiro), este deve ser fresco e mantido fresco. Se comprar em maior quantidade, congele o que não utilizar, já cortado em porções certas.
O fermento seco encontra-se facilmente no hipermercado, da marca Fermipan ou Vahiné por ex., junto da secção dos pudins, doces, fermentos.
É de notar que o fermento químico não deve ser utilizado para fazer pão, por ex o fermento Royal, visto que este apenas faz crescer a massa durante o processo de cozedura.
A equivalência do fermento biológico, ou de padeiro, para o fermento seco é a seguinte:
15g de fermento de padeiro correspondem a 1 colher de sopa de fermento seco em pó.
Desta forma quando se deparar com uma receita onde diz para se utilizar fermento seco em pó, se quiser pode trocar por fermento de padeiro, e vice-versa. Tenha em atenção que se quiser utilizar uma farinha pré-preparada, como as da Nacional ou do LiDL, não será preciso adicionar qualquer fermento, visto que estas farinhas já têm fermento para fazer o pão.

6-Açúcar no pão?
Muitas receitas incluem a adição de uma colherzinha de açúcar e outra de sal. É estranho? Ao princípio sim, mas garanto que o pão não fica doce. Sempre apenas para ajudar o fermento a fermentar durante o processo de fermentação.

7-Farinhas pré-preparadas vs farinhas sem fermento
Existe à venda no LIDL, corredor das bolachas, um conjunto de farinhas pré-preparadas para a máquina de fazer pão, que já incluem fermento e sal. Basta juntar a água e a farinha na cuba e meter o pão a fazer. As instruções sobre as quantidades e qual o programa a utilizar está escrito na parte de trás do pacote destas farinhas. São facilmente identificáveis pela cor dos pacotes: existe o pacote amarelo (pão como sementes de girassol), pacote vermelho escuro (pão integral), pacote azul claro (pão ciabatta), pacote azul escuro, pacote vermelho (pão rústico de trigo e centeio) e pacote verde (pão vital multi-cereais). Como estas farinhas são alemãs, algumas delas fazem pão ao qual não estamos habituados de sabor. Para diminuir o sabor mais intenso destes pães, pode-se traçar a farinha utilizando, em vez de 500g, usar 250g da farinha do LIDL e 250g de farinha tipo 65 (é a normal).
Também existem farinhas-pré preparadas da Nacional, encontram-se junto das outras farinhas nos hipermercados, que na minha opinião fazem um pão mais saboroso que as farinhas do LIDL e para além disso o Kg destas farinhas é mais barato que as do LIDL. Existe a farinha Pão Vitale que inclui 7 cereais (muito bom mesmo), farinha Pão Rústico de trigo e centeio e a farinha Pão Caseiro, que é o tradicional pão branco. Para estas farinhas a receita é sempre a mesma: 350ml de água para 500g de farinha, para fazer um pão de 750g, feito no programa normal.
As farinhas ditas normais, sem fermento, podem ser usadas se depois também for adicionado o fermento de padeiro ou o fermento seco. Quando mais grossa for a moagem, melhor ficará o pão (uma farinha T65 é mais indicada para fazer pão, que uma farinha T55).
Mas a farinha do tipo 65 (T65) corresponde a qual farinha mesmo? Aqui fica a correspondência entre o tipo de moagem e o nome que se dá à farinha de trigo:
T55 - super-fina
T65 - fina
T80/T110 - semi-integral
T150 - integral

8-O pão coze com a pá na máquina ou sem a pá?
Já ouvi esta pergunta e a resposta é: como nunca se deve abrir a tampa da máquina durante o processo, excepto para juntar passas ou sementes na devida altura, isto quer dizer que não vamos andar a furar o pão depois de a massa estar feita só para tirar a pá. Iríamos alterar a temperatura dentro da cuba, o pão seria mexido, iria baixar e o mais certo era o pão não sair bem. Por isso, a máquina trata de tudo, não temos de nos preocupar com a pá, visto que o pão é cozido na máquina com a pá encaixada. Depois de o pão ter saído, já cozido, da máquina, é que retiramos a pá. Há máquinas que trazem um arame para puxar a pá de dentro do pão enquanto que outras não trazem este utensílio, mas consegue-se sempre tirar a pá depois de o pão estar feito.

9-Arrefecimento do pão
Depois de a máquina apitar, sinalizando assim o fim do cozimento do pão, deve-se retirar imediatamente o pão da cuba (não esquecer de tirar a pá se esta tiver ficado dentro do pão) para que este não ganhe humidade dentro da máquina. Depois de tirar o pão, este deve ser colocado em cima de uma rede para que este possa arrefecer e deixar sair o vapor da parte de baixo do pão.

10-Quando cortar o pão?
Deve-se deixar sempre arrefecer durante uma meia hora até que se possa cortar uma boa fatia e comer quentinho com manteiga a derreter em cima do pão.

Farinha Preparada

(photos stock free)

Minha amiga e nutri Leize mandou duas receitinhas de farinha preparada. Segundo ela, podem ser usadas para substituir a farinha de trigo em pães, bolachas, bolos, etc. Os bolos feitos com essas farinhas preparadas não ficam tão fofinhos quanto os feitos com farinha de trigo. Fiz a tentativa de um pão sem glúten esses dias e não fica igual, mas fica uma opção para substituir, tranquilamente!! É só adaptar!

Farinha Preparada 1:
- 1 kg de farinha de arroz
- 330 gr de fécula de batata
Misturar bem e guardar em pote bem fechado.

Farinha Preparada 2:
- 3 xíc de farinha de arroz
- 1 xíc de fécula de batata
- ½ xíc de polvilho doce;
Misturar bem e guardar em pote bem fechado.

*Se eu encontrar outras eu trago pra vocês!

Pudim de ananás


1 Lata de leite condensado
1 Pacote de gelatina de ananás
3 Iogurtes naturais
250 ml de água
3 Rodelas de ananás de lata
Natas batidas e hortelã para decorar

Dissolver o pacote de gelatina em 250 ml de água a ferver, juntar a lata de leite condensado, os iogurtes e as rodelas de ananás trituradas. Misturar tudo com a varinha mágica, colocar numa forma de pudim e levar ao frigorífico até solidificar.
Decorar com natas batidas e hortelã.
Nota: se utilizar ananás fresco, antes de triturar deve ferver um pouco numa frigideira anti-aderente.

Linguine com tomates secos e vinagre balsâmico


A regressar muito lentamente à blogosfera e também à minha cozinha, onde já vou fazendo alguma coisa, apresento-vos hoje um prato de massa que foi inspirado numa receita do Jamie Oliver. Sabem que pratos de massa nunca podem faltar na minha mesa e este é muito simples de fazer, aliás como todos os pratos de massa, e também muito agradável à vista e ao paladar.

Ingredientes:
massa linguine q.b.
1 cebola vermelha finamente picada
1 chávena de chá de tomates secos picados
3 c. de sopa de vinagre balsâmico
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
oregãos q.b.

Preparação:
Coza a massa numa panela grande com água a ferver temperada de sal até estar al-dente. Enquanto a massa coze, refogue a cebola em azeite até esta amolecer. Acrescente os tomates e o vinagre balsâmico. Tempere de sal e pimenta e junte a massa. Polvilhe com oregãos e sirva de imediato.

Quando sobra tempo ao cozinheiro...Ele faz arte!